Aromacologia, a influência do aroma sobre o comportamento

Aromacologia, a influência do aroma sobre o comportamento

O cheiro, já é sabido, tem a capacidade de nos levar a lugares inimagináveis do passado. Lembrar-se de uma pessoa ou de um lugar é apenas um dos poderes do olfato. A Aromacologia, termo cunhado em 1989 pelo Sense of Smell Institute, divisão da The Fragrance Foundation, nunca esteve tão em alta quanto hoje. A indústria de cosméticos percebeu que o odor transmitido por seus produtos é capaz de influenciar nos sentimentos e emoções de quem os utiliza.

Combinação de aroma e fisiopsicologia, a Aromacologia comprova que os cheiros estimulam as vias olfativas do cérebro e, em particular, o sistema límbico – unidade responsável pelas emoções e comportamentos sociais. É por isso que, ao exalar determinados aromas, a gente tem aquela sensação imediata de relaxamento, de alegria, de bem-estar ou até mesmo de sensualidade.

Cada indivíduo apresenta respostas psicológicas únicas aos aromas. Isso explica o fato de a indústria de cosméticos e também do bem-estar ter abraçado essa ciência que pesquisa os usos e efeitos psicológicos e fisiológicos das fragrâncias e odores . No exterior, há especialistas que usam o termo “smemory” (o s vem de smell, de cheiro) para definir a memória que vem do olfato.

Campo de lavanda, mexe com o imaginário e o olfato da maioria

Gerar sensações realmente impactantes e agradáveis em um indivíduo, no entanto, é um trabalho árduo para os perfumistas. “Saber se o público-alvo gosta de florais é apenas um passo. Eu tenho que fazê-los cheirar um monte de subcategorias dentro do gênero para que descobrir o que os excita”, explica o perfumista britânico John Stephen. “A chave para corrigir está na harmonização dos ingredientes. Por exemplo, a rosa e a lavanda sempre cheirarão distintamente, enquanto a rosa e o sândalo se fundem tão bem que você não consegue perceber onde a rosa termina e onde o sândalo começa.”

O aroma incomparável e atraente do jasmim, uma das flores queridinhas da Aromacologia

O passo seguinte do perfumista é nomear o perfume de acordo com uma sensação ou lugar, a exemplo de liberdade ou infância na praia. A influência real de uma fragrância reside no seu poder de associação e isso, avisa Stephen, jamais poderá ser subestimado. “Meu amigo, um médico, tratou a epilepsia com jasmim. Perguntei a um grupo de pacientes que cheirava jasmim enquanto tomava seus remédios. Surpreendentemente, com o tempo, sua dependência dos medicamentos foi reduzida e eles poderiam se recuperar simplesmente cheirando a flor. “A Aromacologia tem poder real. O sentido do cheiro.”

O jasmim, vale contar, é um dos queridinhos da Aromacologia, dada a influência de seu cheiro.

A nova linha Aroma Sensations, da Mahogany, embasada nos conceitos da Aromacologia

Certas marcas de cosméticos, a exemplo da japonesa Shiseido, das francesas Decléor e L´Occitane, da suíça Weleda e da brasileira Mahogany, estão dedicando esforços substanciais à tarefa de descobrir as propriedades benéficas dos aromas em nosso senso de bem-estar e saúde.

A Mahogany começa a levar agora para as lojas, e-commerce e catálogos a sua linha Aroma Sensations. Dividida em 3 famílias – cada uma tem uma função -, ela visa relaxar, equilibrar e energizar. Todos os produtos são multifunção e unissex. Uns servem para perfumar o corpo e a casa.

Tem de sabonete líquido a fragrância, de água termal a óleo de massagem. Destaque para o Active Essential Mist, fragrância com a tecnologia PowerCitrus que, a cada borrifada, revela um aroma explosivo de cítricos como laranja. Bem agradável. Um aroma que toma conta do ar e traz sensação de bem-estar e energiza.

Mahogany Cosméticos traz sempre os Melhores Momentos para você.

2 Replies to “Aromacologia, a influência do aroma sobre o comportamento”

  1. Amo demais a Mahoghany. Já usei diversas linhas de perfumes. De Channel a Dior.
    Mas no meu dia a dia aderi aos produtos Mahoghany e sempre recomendo a todos. Do sabonete liquido a hidratação e perfumaria. A linha de rosas é maravilhosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *